sábado, janeiro 02, 2010

Será que as tatuagens tem significado espiritual?

Levítico 19:28
Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne;
nem fareis marca alguma sobre vós: Eu sou o Senhor.

A Bíblia Hebraica explicitamente proíbe o povo de Deus de marcar o seu corpo. Pode ser argumentado que os cristãos negam-se a fazer tatuagens porque o seu corpo é o templo do Espírito Santo (1 Cor 3:16), mas pesquisas levadas a cabo em 1999 começam a sugerir que há algo mais por trás desta temática.

O Dr. William Cardasis, um psiquiatra criminal de Michigan, vê uma possível ligação entre o comportamento criminal e as tatuagens.

Durante o seu estudo a 55 pacientes num hospital de segurança máxima, o Dr. Cardasis encontrou ligações estatísticas entre comportamento sociopata e a tendência para usar tatuagens.

Ele descobriu que pacientes com tatuagens eram mais susceptíveis de desrespeitar os direitos dos outros, comportar-se de modo compulsivo, mentir e roubar sem remorsos. Outro estudo levado a cabo em cadáveres em Nova York mostrou que os corpos dos drogados adolescentes tinham o dobro das tatuagens quando comparados com o resto da população.

Um artista tatuador disse à imprensa que se recusa a tatuar a cara, o pescoço ou as mãos. Ele afirmou que algumas pessoas consideram tatuagens nessas partes do corpo como sendo "território de assassinos em série".

O Dr. Cardasis acrescenta que o facto de se ter uma tatuagem não significa que uma pessoa seja um criminosa - isso depende do significado da tatuagem para a pessoa que a tem.

Conclusão:

Ter uma tatuagem é um compromisso permanente com o símbolo representado pela tatuagem. Os cristãos devem possuir um compromisso permanente com o Senhor Jesus Cristo.

Vêr também:
1. Pode um cristão fazer tatuagens?



Referencias: "What do tattoos say about the soul?" The Toronto Star, 12/26/99, p.J6.

1 comentários:

Enviar um comentário

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More